Respondendo Tag: Com que filme eu vou?

28 de agosto de 2016

tag com que filme eu vou
Reprodução: Stocksnap.

What's up, people! Primeiramente quero anunciar que tenho uma nova paixão e ela se chama Bioshock: Infinite. Isso mesmo, amores da Pri, essa que vos fala tomou vergonha na cara e conseguiu terminar Bioshock, aquele ambientado em Rapture, antes que pudesse se dar conta. Isso não é ótimo? Mas deixarei para explicar outro dia porque eu quero fazer um post bem caprichado pra deixar vocês com vontade de matar splicers ou tocar fogo no Andrew Ryan.
Anyway, vamos ao que interessa que é falar mal da vida alheia, mentira, que é falar do povo que fica babando ovo de supostas "digital influencers". Sei que a moda é ser a famosa alternativa gótica suave riquíssima que é a arrogância em pessoa, a verdadeira delicada que nem um coice de burro. Sério mesmo que vocês preferem gente assim? Não irei citar nomes porque não quero os fãs me enchendo o saco mas vocês sabem exatamente quem são. Na real, nunca vou entender o que se passa na cabeça de gente pra dar Ibope para quem só sabe ser grossa e mal educada com as pessoas que as ajudam a conquistar parcerias, patrocínios e seguidores. Só consigo sentir pena e nojo com isso porque nem as musas da música como Tarja Turunen ou Sarah Brightman, que são donas da porra coisa toda fazem isso com as pessoas que as seguem. Gente, pelo amor de Deus, não é porque vocês conseguem 10k de seguidores que podem enfiar farinha seca na garganta das pessoas que as apoiam mesmo sendo aquele verdadeiro saco de bosta ambulante. Quem tem twitter e acompanha os trends sabe que andou repercutindo o passado de uma dessas influencers que sinceramente, não sei como tem gente que apoia e fala que é fase se entupir de photoshop, quebrar a auto estima de muitas garotas e mulheres que acham que a suposta beleza é real e ainda endeusarem alguém que quando a abre a boca só despeja vermes e podridão. Não entendo e nem quero entender o que se passa na mente dessa gente pra ficar lambendo as bolas dessas meninas de 12 aninhos em corpo de adulta que só sabem difamar, perseguir, mentir, caluniar e espalhar ódio, achando que são únicas. Migas, por favor, sabemos bem que vocês são uma cópia fajuta das web celebridades norte americanas então, como diz o Felipe Neto: BAIXEM A BOLINHA! Bom, é só isso e vamos ao que interessa.

  • Regras para não virar bagunça:
  • Linkar o blog que te indicou: no caso eu me ofereci então foi do Taxicafé;
  • Indicar 5 pessoas para responder a tag


1. UM FILME PARA ASSISTIR SOZINHO



Quem me conhece sabe que prefiro passar maior parte do meu dia reclusa no quarto, enrolada dos pés a cabeça, escrevendo o que der na telha. Mas quando não tem o tec tec tec tec do meu teclado, tem um silêncio mortal que meus pais ficam chamando pra ver se estou viva. Sim, vivíssima porém assistindo O RETRATO DE DORIAN GRAY. Bem como o livro, o filme é um queridinho que prefiro desfrutar sozinha e creio que esse foi o motivo que fez Oscar Wilde publicar a obra anos atras. O que posso falar sobre esse filme e sem dar spoilers é que puramente hedonista. O prazer é o foco e a beleza é a doutrina. Dorian é cobiçado tanto por mulheres quanto por homens, anseia por desfrutar tudo o que possa reanimar o corpo desde um chá da tarde inalando o aroma londrino até uma tragada na cannabis para provar os sabores de uma pele desconhecida. Doente ou saudável. Puro ou maculado. Sem rótulos, apenas um homem amaldiçoado que teve sua alma aprisionada no quadro. Que maravilha. A história conta a trajetória de Dorian Gray após chegar em Londres, para o enterro de eu carrasco tio. Então, numa tentativa de se enturmar, conhece o pintor Basil que diz que deseja pintar um quadro de Dorian para poder deixar sua beleza registrada ali, mas Dorian deixou sua alma ser aprisionada na pintura fazendo com que seu corpo nunca envelhecesse, escondendo então toda a feiura de seu eu que acaba por ser refletida apenas na gravura escondida. Depois conheceu também Henry, responsável por todas as loucuras cometidas por Dorian e aos poucos, bom, os seus demônios começam a aparecer para atormentar o mesmo. 

Assistam em: TORRENT ONLINE

2. UM FILME PARA ASSISTIR QUANDO ESTÁ CHOVENDO



Nada como aumentar a minha paranoia apocalíptica como assistir um filme de fim de mundo num dia de chuva. Sinceramente eu não tenho nenhuma preferência desde que seja nesse gênero mas como tem que citar um então o escolhido foi MELANCOLIA, do meu segundo diretor favorito Lars von Trier. Dias chuvosos combina com melancolia, é como se as nuvens tirassem aquele momento para chorar então nada melhor que um drama exageradamente belo para completar o dia. Em Melancolia, a história gira em torno de duas irmãs que lidam com o fim dos tempos de formas diferentes. Justine, a noiva, cai numa tristeza profunda ainda nos dias de festa de seu casamento ao saber que o planeta Melancolia poderia colidir com a Terra a qualquer momento, fechando então a primeira parte do longa focando em seu entusiasmo e decadência ao decorrer das horas. Na segunda parte temos Claire que até então mantivera-se sã e com os pés no chão, convicta de que era boato bobo o lance dos planetas. Mas então ela passa a acreditar que é verdade e começa a meio que surtar com a ideia de não existir mais um futuro para seu filho. Enquanto Justine, que havia entrado em decadência no começo, já está na fase de aceitação e calmaria para a grande Dança da Morte entre a Terra e Melancolia, Claire inicia sua fase de decadência num misto de medo por se tocar, em cima da hora, que o fim do mundo vai acontecer para tudo e todos ali. E no elenco tem Alexander Skarsgard bem diferente do Eric Northman que conhecemos lá em True Blood.
Cara, é um puta tremendo dum filme que mexe com temas como apocalipse e psicanálise que combina direitinho com o drama daqueles dias de chuva em que tudo o que queremos fazer é ficar deitado comendo coxinha com Nutella. 

Assistam em: TORRENT ONLINE

3. UM FILME PARA TE FAZER DORMIR



Tem dias que viro a madrugada jogando ou escrevendo baboseiras nas redes sociais, ou então assistindo alguma coisa achada na internet mas o que indico nessa pergunta é justamente para o caso de NÃO DORMIR e isso é possível toda vez que assisto INVASORES com a diva Nicole Kidman e com o 007 Daniel Graig. Quem me conhece sabe que amo filmes com a pegada de contaminação mundial e talvez esse seja o foco influenciador na minha escrita, quem me acompanha desde os tempos de Orelha do seu Gogh sabe que tinha muitos textos e um projeto brincando com o sufoco de viver em um mundo em colapso por um agente invisível causador da exterminação humana. Nessa minha busca por conteúdos que abordam pandemias, conheci The Invasion. Na história do filme acontece um lance mais ou menos assim: um pedaço de um ônibus espacial despenca aqui na Terra e acaba contaminando a população mundial. É invisível e logo se alastra em níveis alarmados declarando então pandemia já que o vírus começa a atacar enquanto os hospedeiros estão dormindo. Essa doença de cunho alienígena faz formar uma crosta nojenta para que possa surtir efeito como se estivesse envolvendo os infectados num casulo, então, no dia seguinte, a pessoa acorda insensível, sem qualquer traço de humanidade em si. Isso mesmo, qualquer reação humana seja de medo ou horror, vai embora. Ou seja, se quer sobreviver então NÃO DURMA. Por isso gosto de ver esse perto da hora de dormir. É um tipo de filme que serve para qualquer ocasião então eu poderia encaixá-lo na primeira pergunta, ou na de assistir com os amigos, ou com os pais. Nicole e Daniel sabem como serem versáteis em qualquer que seja gênero dos filmes. 

Assistam em: TORRENT ONLINE

4. UM FILME PARA ASSISTIR BÊBADO (A)



Vou falar para vocês, que filmezinho mequetrefe é esse? Sinto dizer mas NINFOMANÍACA, do mestre Trier, dá uma surra bem surrada em CINQUENTA TONS DE CINZA. Quando teve o boom dos livros, eu li. Quando tinha o filme no cinema, fui ver. Digo que a leitura foi um tanto monótona, nada que eu não tenha lido nos livrinhos de romance de bolso da minha mãe. Já o filme foi dinheiro gasto a toa porque é tão parado que nem as cenas que dizem ser picantes me impressionou. Sério, eu amo o trabalho do Jamie Dornan e assisti por ele, quase chorando por ele não ter aquela barba fofinha que vi em Once Upon a Time, mas o personagem Christian Grey é tão bocó que nem sendo o Jamie conseguiu me fazer pegar simpátia. Os fãs que me perdoem mas isso é um Crepúsculo com BDSM para adolescentes. Só estando MUITO bêbado para assistir essa geringonça e achar legal. O filme conta a história de Anastasia, típica garota introvertida e humilde, que conhece Christian. Depois de uma entrevista eles começam a manter contato até que ele mostra o Quarto Vermelho e ela topa levar uns tapinhas e chicotadas. Aí ela começa a gostar dele, e ele dela. Fim. Viram, nada de novidade, apenas um cara que gosta de controlar as decisões da tapada da Ana que vai "desenvolvendo" seu eu ao decorrer dos livros, mudança bastante notável em Cinquenta Tons Mais Escuros e o da Liberdade lá. Não faz minha praia, esses bang só vem pra iludir as garotinhas que acreditam em Príncipe montando num Cavalo Branco, eu todavia prefiro conhecer Vlad Tepes aka Drácula do que um Christian Grey. E não, meu gosto pela cor cinza não é por causa do sr. Grey e parem de bullying com minha pessoa.
Ah sim, uma nota de falecimento para qualquer resquício de uma Priscila na Manguaça: não fico bêbada facilmente, minha tolerância ao álcool é bastante resistente então nunca cheguei a assistir um filme chapadona na pinga mas gostaria de experimentar essa sensação um dia. 

Assistam em: TORRENT ONLINE

5. UM FILME PARA PASSAR ENQUANTO VOCÊ ESTÁ FAZENDO OUTRA COISA



Nada como assistir SWEENEY TODD E O BARBEIRO DEMONÍACO DA RUA FLEET enquanto faço alguma coisa seja em arrumar a casa ou mexer na internet. Não é por falta de interesse, calma, é simplesmente porque tenho a trilha sonora desse filme no celular então me acostumei a ouvir suas músicas mesmo quando coloco o dvd para rodar enquanto estou criando algo no blog ou nos textos dos livros e fanfics. Esse o lado mágico que me fisga com o coração presente nos filmes de mestre Tim Burton: trilha sonora viciante. Então para quem busca inspiração e algo agradável para deixar na tv ligada enquanto faz alguma é Sweeney Todd e todo seu esplendor incolor e amargo. A história se passa na boa e velha Londres onde reinavam os absolutos em corrupção e crime: os servidores da lei. Benjamim Barker aka Sweeney Todd, retorna a terra londrina em busca de vingaça após cumprir sua árdua pena aplicada pelo juíz Tupin cujo objetivo era roubar a esposa de Todd * respira*. De volta a sua antiga barbearia, encontra a sra. Lovett que logo firmam uma parceria medonha na qual ele forneceria a melhor carne para suas tortas: carne humana vinda de seus cliente punidos pelo carrasco e executor de lei A Navalha. O resto vocês já devem saber. Já adianto que tem muito sangue, muita música, canibalismo, drama e claro, Tim Burton sabe fazer obras prima como ninguém.

Assistam em: TORRENT dublado ONLINE 

6. DOIS FILMES PARA SEREM ASSISTIDOS EM SEQUÊNCIA



Como não poderia faltar aqueles clichêzinhos necessários nos posts do Disse o Corvo então os dois filmes para serem assistidos em sequência é KILL BILL, do meu diretor mais que favorito sr. Quentin Tarantino. Foi difícil decidir essa porque estava na dúvida entre esse e os de Um Drink no Inferno mas foi só bater o olho na blusa amarela da minha mãe que pensei comigo mesma: tenho que colocar Beatrix Kiddo nessa bagaça ou não vou dormir em paz. Há quem diga que nunca assistiu esses filmes e minha vontade é de pegar minha Hatori Hanzo e dar palmadas na bunda dos que dizem que sequer ouviram falar dos filmes. Kill Bill conta a história da Mamba Negra — ou A Noiva, Mamãe ou Beatrix Kiddo — que após ficar em coma por 4 anos, ela acorda com um foco na mente: caçar e acabar com todos aqueles que participaram da chacina no dia de seu casamento para então, matar Bill. Mamba fazia parte do Esquadrão das Víboras Assassinas onde era especialista com facas. Ao descobrir que estava grávida, ela foge pro Texas para ter sua filha longe do mundo violento que era seu ambiente de trabalho. Mas Bill, que é o pai da criança e não sabia, consegue achá-la e decide fazer um ataque no lugar onde ela ensaiava com Tommy para o casamento. Ele desfere um tiro conta a mesma e a deixa morta no lugar. Mas a polícia a encontra viva porém em estado de coma. O resto, bom, vocês há devem saber que deu uma merda bem colossal, né? Mesma coisa com o VOL. 2, onde ela continua seguindo com a sua Lista de Mortes até chegar em Bill, que consegue facilmente ficar escondido mas não por muito tempo. E como prometido ela o faz, deixando um sanguinolento rastro de corpos por seu caminho afinal ela não havia perdido apenas Tommy, o homem que iria se casar, e sim sua filha. É uma ótima pedida para assistir em sequência, vão por mim. 
Para os fãs de Tarantino, eu fiz um post onde mostro um curta estrelado pelo Seu Jorge e Selton Melo onde eles comentam o universo tarantiniano de um jeito que vai dar um mindfuck em vocês. Cliquem aqui (

Assistam em: TORRENT ONLINE vol 1 vol 2

7. UM FILME PARA ASSISTIR ACOMPANHADO (A)



Como no momento não tenho mozão e acho que quero ficar sem por um bom tempo, geralmente assisto filmes na companhia do Bilbo, meu gatíneo, e fora Star Wars ou Harry Potter, o sr. Bilbo gosta de música então qual musical que meu hobbit felíneo ama? Tãdããããã, acertou quem disse O Fantasma da Ópera. Essa obra prima tem como roteirista ninguém mais que Andrew Lloyd Webber, compositor criador de músicas bastantes famosas como Don't Cry for Me, Argetina, e Memory onde até Simone Simons fez um cover da mesma e até Music of the Night do musical citado. Então eu digo para vocês que é uma massagem aos olhos, ouvidos e alma. Ele é todo cantado e raros são os momentos de diálogos normais, o figurino é impecável, as atuações são bastante estudadas e claro, o cenário é tão mágico que as vezes esquecemos que ele se passa apenas dentro de um teatro em Paris. De todas as versões de O FANTASMA DA ÓPERA, o que mais gostei foi esse com Gerard Butler como Erik porque foi muito mais do que bem feito, acreditem ou não esse é o filme independente mais caro já realizado, indicado ao Oscar, ao Globo de Ouro e na Academia Japonesa de Cinema como melhor filme estrangeiro, musical e melhor atriz, fotografia, canção original e direção de arte. Essa versão faz juz ao nome então caso eu tivesse um mozão faria questão de assistí-lo só para ver as reações da pessoa ao decorrer do longa. A paleta de cores de The Phantom of the Opera de 2004 é que mais me conquistou por ter muitos tons quentes que não cansam os olhos. E também pelos tons frios darem aquela sensação de frescor como ocorre na cena onde Christine vai até o cemitério cantar no túmulo de seu pai. A história se passa no teatro onde a diva La Carlotta é substituída por Christine Daaé como soprano principal das peças. O Fantasma começa a aterrorizar o local quando seus desejos não são atendidos mesmo que tivesse que perder o amor e admiração de Christine para tal. Não falarei mais nada para não dar spoilers, apenas vejam o filme e me digam o que acharam porque logo vai ter post aqui. 

Assistam em: TORRENT ONLINE

8. UM FILME PARA ASSISTIR COM OS AMIGOS



Amigo meu tem que gostar de sangue e gostar de drama mas isso não quer dizer que quando nos reunimos para passar o dia juntos que iremos pegar filmes de nos fazer literalmente cagar de medo. Enganou-se quem achou que os migos e migas vem pra minha casa pra assistir algum found footage ou zumbi, nóis gosta mesmo é de comédia. Sério, qualquer besteirol topamos por isso sempre fazemos o seguinte: ligamos a tv, escolhemos qualquer canal desde a Universal até o Telecine e se algum deles tiver alguma comédia, assistimos. Sério, desde Se Beber, Não Case ou Até que a Sorte Nos Separe então preparem-se para rir. Porém tenho que colocar uma vírgula porque preciso indicar um em específico então vamos lá. Estão cansados dos esteriótipos de terror onde há sempre o mesmo grupo de amigos andando na floresta até que aparecem dois nativos do local e começa uma chacina? Então, esse não é o caso de TUCKER & DALE CONTRA O MAL onde nós acompanhamos a história pelo ponto de vista dos caipiras. É o seguinte, um grupo de amigos foi tirar umas ferias acampando mas uma amiga deles acaba por meio que se afogar. Quem aparece para socorre-la? Isso mesmo, Tucker e Dale. Mas ao ver dos amigos eles estariam resgatando-a para assassiná-la depois então já sabemos que tudo não se passa de um grande mal entendido e que na tentativa deles em resgatá-la, acabaram iniciando um grande banho de sangue desnecessário que faz com que os caipiras se perguntem porque eles estão se matando. Vale MUITO a pena assistir essa comédia de terror, gente. Vocês nunca darão tanta risada, vão por mim. Reforçando: tudo não passa de um grande e colossal mal entendido!

Assistam em: TORRENT  filme ▲  legenda ONLINE

9. UM FILME PARA ASSISTIR COM A MÃE



Um dos motivos por eu ter sido sempre uma criança estranha era porque a estranheza começava sempre em casa. Em todas as festas a fantasia minha mãe dava um jeito de fantasiar de noiva do Frankenstein, ou de vampira, ou noiva cadáver, ou palhaço. Sempre amei palhaços então gostava disso. Mas o que mais interferiu na decisão de cores de roupas foi A FAMÍLIA ADDAMS, minha mãe falava que eu era a Wednesday, que vocês conhecem por Vandinha e amava quando ela me arrumava de Vandinha pra ir pra escola nos dias que não precisavam de uniforme. Então sim, um filme para assistir com minha mãe é A Família Addams. Não tenho muito o que falar da história abordada no filme já que os mais atuais contam com tramas diferentes como no primeiro, o foco é trazer a memória de Fester a tona antes que seja tarde demais para os Addams. Já o segundo é sobre Debbie, a babá contratada para cuidar de Funéreo enquanto Wednesday e Pugsley tentam chegar até a família para contar que ela é uma assassina profissional que está atrás de homens ricos como Fester. Fora esse, eu e mainha gostamos de assistir os antigos do Batman ou Elvira, também gostamos de filmes de desastres naturais e sobrevivências. Normalidade não é o nome do meio dos Sawa, acostumem. hehe. 

Assistam em: TORRENT ONLINE

10. UM FILME PARA ASSISTIR COM O PAI


Primeiramente: OLHEM ESSE GIF, VIADÕÕÕ!

Eu e meu pai discordamos de muitas coisas mas eu tenho muita influência dele nos meus gostos para as coisas da vida e isso inclui na questão de filmes. Ao contrário da minha mãe, ele assiste qualquer coisa comigo, desde algum em found footage até os que tem zumbis. Nunca reclamou e sempre me desafiava com "me mostre um filme teu que te mostro um meu" e como os dele sempre envolveram tiro, porrada e bomba então digo que estou mais acostumada em assistir algo que envolva perseguição e socos do que um romance. Graças a Odin por isso! Mas se um tipo de filme que faz eu e painho calar a boca e movimentar apenas os olhos são os que abordam alienígenas invadindo a Terra. Não importa se é animação ou o caramba a quatro, lá estaremos de olhos fixos praticamente sem piscar por nada. Eu poderia falar de Cloverfield — Monstro, já que é o nosso favorito mas é algo que deixarei para abordar numa postagem isolada porque o se tem um filme que é para assistir o papa Sawa é CÍRCULO DE FOGO, do dono do meu coração Guillermo del Toro, em que consiste numa mistura de Kaijus — monstros — e robôs. A Amanda não iria gostar dessa parte, hehe. A história consiste em robôs gigantes movimentados por humanos para conter a constante invasão dos aliens gigantesco no planeta. Mas com o tempo os monstros vão evoluindo a ponto de ficarem imunes aos nossos ataques até um robô ausente de computação é posto em combate para combater um kaiju espertinho que saiu da fenda no fundo do oceano para causar discórdia. Fora Pacific Rim, eu e paps assistimos os do Superman clássico e atual, os do Rambo e qualquer outra coisa que envolva granadas explodindo e gente gritando. Atualmente eu e o paps estamos fixados em Stranger Things e Batman vs Superman.

Assistam em: TORRENT ONLINE

INDICANDO...


BLONDE CHAOS, da blogayra hipster Amanda
GIRL RECKLESS, da blogayra trevosa Bruna
KCAUZICES, da blogayra kawaii Anna Kcau
CHOCOWHOVIAN, da blogayra de Gallifrey Grazi
LP BLOG, da blogayra Lidiane Penachioni
SÍNDROME DO LUXO, da blogayra Ana Laura

▲▲▲

Depois acrescento mais blogs na indicação. Bom, é isso gente. Gostei de responder essa tag pelo motivo de ser filmes e isso é um lance que amo falar. Se deixarem eu fico dias falando só de filme, filme, filme, filme e filme. Fora filmes, são séries. Ou música. Inclusive, quem estiver respondendo tags podem me indicar que respondo com todo carinho e dedicação, ok?  Mas me digam, qual filme cês gostaram daí de cima? Soltem o verbo. Um beijo e um queijo. ♥

11 comentários:

  1. Nooosa os que vi da tua lista foram sempre sozinha por motivos de ninguém aqui em casa compartilhar dos meus gostos kkkkk (exceto quando junta a minha mana e eu e a gente inventa de ir no cinema ver algum filme de herói ou alguma animação, mas até animação eu curto ver sozinha). O do Dorian Gray foi o que menos curti, apesar de gostado muito do livro, o do Fantasma minha amiga mandou o DVD mas ainda não vi (ME BATE) e o do Sweeney Todd vi antes de dormir qd essa mesma amiga emprestou o DVD, a trilha é uma coisa que dispensa comentários mesmo! E um dia desses tava revendo A Família Addams, bateu mó saudade <3
    um beijo!!

    ResponderExcluir
  2. Sua lista tem tantos filmes diferentes, que nunca vi. Acho que vou aproveitar pra conhecê-los hahaha. Eu amo a Família Addams (meu apelido na escola era Vandinha kkkkk) e o Fantasma da Ópera <3

    ResponderExcluir
  3. Priscila a sua lista de filmes está show, cada filme bom, aonde é que estou que nunca vi esses filmes, menina preciso botar a minha cabeça no lugar e ver alguns filmes, fiquei bastante interessada no último filme, gostei da tag pois foi bom ficar conhecendo alguns filmes, Priscila bjs.

    ResponderExcluir
  4. Oi Pri, nossa adorei esta tag! Amo Kill Bill, mas confesso que fiquei muito interessada em assistir A Família Addams, quando criança eu era super fã dos desenhos.... Obrigada por compartilhar os filmes, achei show! Bjooos

    ResponderExcluir
  5. Oi, eu gosto muito de filme de terror e romance, mas desses eu gosto do filme A FAMÍLIA ADDAMS e um filme que eu nunca assisti foi o O FANTASMA DA ÓPERA que já quero assistir. É uma tag muito legal para ser respondida, acho que vou responder no blog.

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. oi!!!
    Essa tag é ótima :D
    Gostei da escolha dos filmes, são maravilhosos assisti todos menso o CINQUENTA TONS DE CINZA. Não assisti e nem li os livros...
    bjo

    ResponderExcluir
  7. Vendo a sua lista, separando com quem deveria assistir cada um deles.Você Tem Razão,a escolha encaixa perfeitamente em cada um deles,a sua lista tem ótimos filmes.. Eu vou te contar um pouco sobre este filme Melancolia.

    Eu nunca vi a depressão retratada no filme com tal autenticidade. E este é o ponto mais desconcertante de tudo para mim ... quando o mundo acaba, é quase esperançoso porque a Grande Tristeza finalmente faz sentido completo. Que paralelo entre a depressão e o fim do mundo.

    Não creio que seja esse o caso. John identifica uma estrela vermelha como Antares no início e é só depois da festa que Justine percebe que a estrela vermelha desapareceu. É então explicado que Melancolia, que antigamente estava "escondido atrás do sol" está bloqueando Antares. Embora isto possa não ser plausível cientificamente, é claramente pretendido estabelecer que os caráteres não souberam sobre Melancolia até este tempo.

    ResponderExcluir
  8. Bem, aquele primeiro filme pela descrição e foto, tem um não sei quê que me faz lembrar de "O Perfume". Desses vi a família Adams, O fantasma da ópera e os Invasores. As 50 sombras de cinza não vi, mas quando passou no cinema em Portugal, encheu e ficou lá por imenso tempo e não se falava noutra coisa. Eu como sou do contra, não fui ver! :D
    Foi até tema do meu aniversário na época, numa festinha familiar (surpresa) para despedida dos 49 anos e organizada pela minha filha mais velha. :)

    Bjs

    https://magarosa3.blogspot.pt/

    (Rosa Rosa)

    ResponderExcluir
  9. Já assisti a todos os filmes citados e em situações diferentes. Melancolia eu vi num dia de sol, 50 Tons de Cinza eu estava doente e achei que deveria assistir...e concordo que Ninfomaníaca é muito melhor. Eu adorei a tag...como a louca dos filmes achei uma boa pedida.

    ResponderExcluir
  10. Acredita que nunca vi nenhum desses filmes? To me sentindo bem por fora hahah gostei das ducas! Quero ver ja o da familia adams que me lembra infancia

    ResponderExcluir
  11. Oi Pri, eu sou tão por fora que não faço a mínima idéia de quem seja a dona/dono das atitudes no começo do post! rs Mas concordo com vc, que humildade é tudo.

    Quanto a tag de filmes, eu amo ! Eu gosto de indicações de filmes pq assim como vc tbm aaaamo filmes, seriados e músicas!
    Pri, acontece que nunca vi nenhum dos filmes que vc citou e descreveu tão bem para cada ocasião.Mas confesso que melancolia eu fiquei instigada a ver. Cinquenta tons de cinza, nunca vi, nem assisti eu só ouço falar rs! Nem vou perder meu tempo depois de ler o que achou. A família Adams , eu acho que vi algumas partes, mas nunca sentei pra ver inteiro assim. Gostei da tag e de conhecer os filmes que indicou!

    ResponderExcluir

1. Espalhe amor, e não ofenda.
2. Diga ao Stitch, do Mushroomhead, que a boca dele está muito longe da minha.
3. Leia o post todo antes de comentar, não desvalorize o trabalho de quem criou.
4. Deixe seu bróguinho para eu visitar.
5. Assistam Black Sails, irão se apaixonar. ♥