Os 10 Closes Errados na Blogosfera

5 de agosto de 2016

Reprodução: Stocknap.

"Oi pessoal, meu nome é Priscila Sawa e esse é o meu blog onde falo sobre muitas coisas tipo muitas coisas mesmo. Tenho vídeo no youtube onde ensino a não movimentar o rosto para que não descobram que tenho a cabeça da Rainha de Copas e outras coisas como a pele perfeita e cinturinha de Barbie. Sintam-se a vontade para comentar e seguir este perfil que é um mimo. Tenho outras redes sociais, me sigam por lá também e vamos ajudar a coleguinha. Deixem o seu link para que eu possa dar uma lida no teu canto, ok? Não se esqueçam de seguir o Disse o Corvo. Um beijo e um queijo". 
É geralmente assim que nos apresentamos para as outras pessoas, empresas ou não, e esperamos que através disso nosso linkzinho no blogger torne-se notado não só pelos leitores e sim pelos mecanismos de busca direto do Google para o mundo. Mas essa não é a realidade de muitos e como participo de alguns grupos no Plus e no Facebook, vejo sempre anunciamentos de pessoas que irão desistir porque não tem retorno e isso de ser "blogayra" gerou muita decepção. Já adianto que se vocês entraram para a blogosfera na esperança de que sua primeira postagem gere parcerias e nome reconhecido já começaram errado. Isso mesmo! Tá tudo errado, podem parando por aí porque não é assim que as coisas funcionam. Já sabemos que os blogs perderam muito espaço na web devido a bagunça que tem, é muita desorganização e eu, se fosse dona de empresa, passaria longe dessa muvuca toda porque nem Lex Luthor merece isso. E como leitora também mas vamos entender os porquês.

1. CONTEÚDO REPETIDO ou PLÁGIO?


Então uma blogueira teve a ideia de falar sobre o sabonete íntimo que usa, edita o post, divulga, interage e aguarda as pessoas irem até seu perfil para comentar. Mas apareceu uma pilantrinha que além de dar Ctrl+C e Ctrl+V no texto da criadora, copia o layout, não coloca os créditos e ainda diz que foi ela mesma quem produziu os escritos, tirou e editou as fotos e que precisa de ajuda para bater meta pois é "novata" nesse assunto de blog. Mas não é novata em plagiar as coisas do próximo! Esse é o motivo pelo qual eu evito esses perfis. Algo que me deixou EXTREMAMENTE irritada foi na época da premiação do Oscar. Sem brincadeiras, todos os links que sigo estavam falando sobre os looks usados no Tapete Vermelho e tipo WHAT THE FUCK? Sério mesmo que o foco do Oscar era aquele? Não era a nomeação de atores pelo desempenho exercido no longa para o qual foram contratos e pagos com alguns Obamas para tal? Não achei NENHUM perfil que indicasse os filmes dos escolhidos, parece-me que todo mundo só ligava para o glamour do evento, deixando essa cultura — que não pode morrer — da Sétima Arte ficar ofuscada pela ganância de desejar a vida que o outro tem. Gente, pelo bem do Equilíbrio da Força, tentem ser originais. Faz bem a saúde mental e constrói um ego saudável.
Tá sem ideia para postagens? Visite os links que deixam nos comentários, clique nos indicados nos grupos do facebook, saia um pouco de casa para dar uma volta no shopping, converse com pessoas aleatórias ou com os amigos cara a cara, leiam livros, assistam filmes, provem uma comida nova, mexam-se da cadeira para fazer seu conteúdo acontecer. É feio plagiar a amiguinha, sem falar que vai queimar seu filme pra caramba. E é feio pegar remadas nas costas de um assunto que 50 blogueiras estão falando porque a preferência dos leitores serão para quem já conhecem ou que estão no topo do Google. Andas sofrendo de bloqueio criativo e não tens ideia de qual postagem montar, visitem esse site, é um gerador de possíveis assuntos pra se abordar no teu adorável bloguito: ▲ LINK AQUI ▲

2. ONDE COMEÇO A LER?


Algo que irrita profundamente é ir visitar blogs que é uma verdadeira bagunça. São os famosos "onde começo a ler?" porque você não acha a descrição do autor, nem o "coisinho" para seguir e muito menos as redes sociais. Gente, pelo amor de Ragnar Lothbrok sem camisa, as redes sociais  são extremamente necessárias para divulgação de conteúdos e interação, terão vezes que vocês irão cair em algum link que não é da plataforma Blogger e sim do Wordpress, como farão para segui-los? Isso mesmo, usando o instagram para saber como andam os cliques das fotos, ou o twitter para saber o que andam fazendo, ou o facebook para ficar ligado em postagens e etc etc. Mas as vezes nem isso tem! EU, Priscila Sawa, gosto de visitar blogs com a seguinte estrutura:

  • Cabeçalho ajeitadinho, não importa se é cheio de figuras ou minimalista, o que importa é ler o nome do lugar que estou visitando com fontes e cores legíveis
  • Menu de links/redes sociais: sim, irei querer ler o teu "sobre", algum "blogroll", a forma de "contato" e outras coisitas más. E as redes, por favor, criem ao menos as básicas como facebook ou instagram, é de grande serventia para que os leitores possam te conhecer fora do blog.
  • Sidebar: uma breve descrição de quem é você, seus links para poderem seguir, se possível ter acesso a fanpage ou perfil do plus, ou saber de suas lojas parceiras para poder ganhar descontos quando for comprar, não importa como vai montá-la, apenas deixe claro onde podemos começar a ler senão não irão nem rolar a página.
  • Marcadores/Tags e opção de seguir: terão vezes que estou muito necessitada de ler sobre um assunto específico e não irei procurar em todas as postagens para achá-lo por isso a importância de filtrar seus posts com os marcadores ou criar um nuvenzinha com as tags. Se eu quiser ler sobre filmes, vou lá e clico em filmes, irá exibir uma série de postagens que vocês sobre filmes. Fim. E o botão de seguir é um aliado muito forte para fidelizar o leitor ao teu canto porque sempre que sair conteúdo novo irá aparecer na nossa timeline blogosferiana. Recentemente, por descuido meu, havia perdido o link de um dos que tornou-se meu ponto de referência para cuidados da pele, saúde de cabelo e coisas de horror que é o blog GIRL RECKLESS, da minha amiga trevosa Bruna Franco, onde eu não havia clicando no Participar do Site e deixei favoritado. Deu problema no computador e perdi tudo o que estava salvo sendo que não havia terminado de ler um dos contos que ela postou por lá. Graças ao nosso bom salvador Drácula, consegui achá-la num dos grupos que participamos e tratei de seguir na hora. Não façam como eu, se gostaram já sigam na hora porque isso gera amizades e apoio moral para o blog porque fala sério, quantas vezes pensamos em desistir mas sempre tem alguma amiga blogueira que te dá um tapa a distância e te manda parar de birra?
  • Área de Postagem: cores em harmonia e fontes corretas, por Krypton! Já visitei perfis que estavam tão claros mas tão claros que deu dor de cabeça ler o que estava escrito. E teve uns aí que tinham verdes, amarelos e lilás no corpo da postagem que desisti sem começar a leitura. Não sabe qual paleta de cor colocar? Deixe título e corpo numa cor só, de preferência preto (ou a cor que quiser, é de vocês). E não saia enfiando um monte de fonte em cada gadget da sidebar que deixa visualmente bagunçado e os acessos irão cair por motivos de coisa demais instalada que vai deixando o carregamento da página lento e que não transmite uma imagem séria e profissional, convenhamos.
  • Publicidade organizada: tem um blog monetizado para poder ganhar uma graninha extra? Ótimo, que venham todos os ganhos do mundo para nós mas é pedir muito que saibam como organizar isso? Sério, as vezes o perfil tá tão lotado de banners de divulgação de lojas que vira uma poluição visual deveras desconfortável até pra alma! Coloque-os em lugares certos, que não irão atrapalhar a leitura do conteúdo porque vai dar pra pessoa ver o canto todo e ainda fazer uns cliquezinhos pra tu ganhar algumas dilminhas.

Organização é tudo, não precisa manjar de HTML, apenas uma olhada fixa no teu perfil vai mostrar o que precisa ser melhorado ou não. Ok?

3. VENDER A ALMA POR PARCERIAS


Esse é o típico caso de bloguetes que andam infestando e matando a plantação da Blogosfera. Não torçam o narizinho porque Odin tá vendo isso, no fundo todos nós sabemos que existe esse tipo de gente e não é pouco. Acho lindo quem consegue firmar parcerias nos blogs, é uma conquista imensa e dá aquele gostinho de vitória por ter conseguido fazer do seu hobby um trabalho sério. Principalmente quem consegue com editoras e fazem posts com vídeos sobre os livros, cara, eu AMO ISSO! Mas a vida não gira em torno de lojas parceiras e infelizmente, muita gente cria blog para poder conseguir produtos de graça e ficar ostentando. Só digo isso: PARA QUE TÁ FEIO. TÁ MICÃO. QUE VERGONHA! Antigamente quem tinha blog era cobiçado, as empresas caíam em cima para poderem levantar o nome de sua marca com as divulgações das blogueiras mas isso passou, meus amores.
Em tempos de redes sociais e trocentas formas de divulgações, os representantes sabem como se virar sem precisar dar produtos para os outros, o que não quer dizer que não tenha empresas que não nos procurem. Tem e muito, mas elas desistem por esses motivos: bloguetes desesperadas para ganhar coisas sem merecerem. Calma, não me apedrejem, tem bloguete aí que quer parceria mas não se dá o trabalho de melhorar a aparência do blog, de escolher o nome certo, de procurar conteúdo para editar, de tirar fotografias boas — não, não precisa ter um iphone e muito menos uma Canon para tirar fotografias lindas — e muito menos escrever com amor. A quantidade de blogs que visito que só em descer os olhos pelas palavras me entediam não é brincadeira. É tudo superficial, não tem o fogo da paixão por deixar seu precioso tempo para ir editar uma postagem. É mais por obrigação de manter o perfil atualizado mas quero que saibam, bloguetes mendigas por parcerias, que não é só escrever uma lata de lixo enorme e enfiar goela abaixo dos leitores não. Quer parceria? Procure fazer valer seu nome para que eles possam investir em você.

4. A BLOGUETE INVEJOSA


Minha mãe sempre me ensinou que ter inveja é feio, não edifica e não acrescenta em nada na vida. Cresci e guardo esse ensinamento no fundo da alma mas gostaria muito que certas bloguetes aprendessem o significado disso. Cara, o que leva uma pessoa a querer tanto o que a outra tem a ponto de perder sua dignidade pessoal e se tornar baixa? Uma coisa é você gostar, comprar e seguir com a vida. Outra coisa é querer tomar das mãos da outra com todas as forças só para obter prestígio como seguidores que acreditam que aquilo fora conquistado por mérito no qual sabemos bem que isso não é verdade. É o close errado mais micão que pode ter no meio dos blogs porque isso pega muito mal. E mais mal ainda é quando a loucura da pessoa fica absurda no ponto de virar plágio. Mas vamos por partes porque é um assunto pra lá de delicado. O que mais tem no mundo dos blogs é gente que fica agourando o sucesso alheio, o que é uma perda de tempo tremenda. Mas acompanhem-me:

    • Pegar parcerias/patrocinadores da colega: o mundo das parcerias e patrocinadores está aí para ser explorado, não é verdade? Mas isso não quer dizer que você pode roubá-las da coleguinha. Calma, irei explicar. Recentemente ando acompanhando casos onde a pessoa não é usuária do produto oferecido pelo empresa mas mesmo assim compra, faz resenha em posts e vídeos, marca no instagram, entra em contado, marca contato, firma parceria e acaba fazendo com que a coleguinha perca visibilidade no blog já que o ser humano também está falando sobre o produto. E esse ser humano é a pessoa que não pode em hipótese alguma dar mancada convosco: sua amiga. Aquela pessoa que você chama para participar dos projetos no blog, está sempre marcando em divulgações, ajudando a ganhar leitores fixos, dando ânimo quando se sente para baixo e até abrindo mão de produzir no seu próprio canto para dar uma forcinha, um UP. Mas como ela retribui? Roubando suas parcerias. Mesmo que não roube, já fica chato saber que a pessoa procurou a mesma empresa para a qual você trabalha e que condiz com o conteúdo do teu blog, com teu estilo de vida começar a falar sobre algo que não tem NADA a ver com ela. Vou citar como exemplo uma pessoa que platina o cabelo a la Daenerys Mozão Targaryen, certo, ela precisa de tudo o que a empresa oferece para manter o platino impecável porque esse é o marketing pessoal dela. Fim. Mas a Bloguete Invejosa que só quer ganhar presente resolveu inventar que vai platinar o cabelo também e já que tal empresa tá "dando" produtos, usa-o de forma incorreta — aliás é um pecado não saber usar e ensinar o povo a fazer errado —, vale-se de editores para fazer, sei lá, para forçar o platinado e então chamar a atenção da empresa para o suposto efeito que os produtos tiveram no cabelo. E detalhe: quem platinou as pressas era uma pessoa que possuía cabelo amarelo-ovo ou preto. Vocês podem falar que é frescura minha, realmente eu não ligo para o que vão falar, mas acho isso uma puta falta de consideração e golpe baixo levando em consideração que essa pessoa nunca quis ajudar, só queria mesmo era tocar o terror e obter ganhos nas costas dos outros. Que feio, miga. Deixa a parceria da coleguinha e vá procurar empresas do seu ramo porque isso é muito errado.
  • Só criou blog/canal porque você tem: não sei vocês mas eu tenho amigos próximos que só começaram a ingressar no mundo da blogosfera só porque descobriram que tenho blog. No começo foi maravilhoso porque ao terminar as aulas do ensino médio a gente corria uma pra casa da outra para tirar fotos, fazer postagens juntas, arriscar uns vídeos com a péssima câmera do celular V3 — sim, sou dessa época — e até ajudar uma a outra no crescimento mas depois tornou-se inconveniente pelo fato de a pessoa em questão não produzia nada por amor, só por obrigação, enquanto eu me matava pra dar conta de curso e escola para no fim do dia sentar e editar postagem e fotos. A outra só queria o venha nós e o vosso reino: nada. Tem sim Bloguete Invejosa desse tipo, ela sabe que não tá produzindo nada bom e mesmo assim faz questão de manter blog/canal só porque a gente tem. Aposto que se excluíssemos nossas contas, elas farão o mesmo. Antes de eu criar o Disse o Corvo, tive muitos outros blogs até achar meu real nome de tanto que essa onda de ter só porque o outro tem anda acontecendo.
  • Não importa o que é, vai comprar igual: mesmo que seja uma calcinha, vai pegar a mesma que tá lá pendurada no varal para secar. Hey, nada contra isso até porque eu que acompanho muitas blogueiras sejam de moda ou não, influenciam e muito na hora das minhas compras pelo fato de eu ter visto tal objeto e que ficaria bom em determinado lugar porém para a Bloguete Invejosa não tem essa de pegar inspiração, o negócio dela é comprar exatamente igual para tirar o foco da outra. Isso mesmo, muita gente que tinha parceria ou patrocínio acabou sendo mega prejudicados por conta dessa atitude mesquinha do ser ir até a loja, mostrar o produto, oferecer parceria, conseguir fechar negócio e tirar a visibilidade de quem trampava com a empresa a tempos já que estão tendo mais retorno com a copiadora do que com a original. Absurdo? Sim e muito.
  • Usar nome de outros blogs para ganho pessoal: sim, elas existem e não brincam em serviço e podem ter certeza que usam vossos nomes para ganhar coisas que levamos anos para conseguir. Tendo em vista que algumas safadinhas fazem essa atrocidade em eventos de beleza só para conseguir press kit de cosméticos e produtos de cabelo, ou ser marcado no instagram como usuária oficial da empresa ou até para usar como recebidos nos vídeos. Primeiramente: Freya tá vendo isso daí, pra Valhalla que não irá. E segundo: uma hora a corda vai arrebentar e vai gerar lindos processos por mexer com algo que lhes pertence. Vixxxxxxi!
  • Layouts idênticos: a loucura é tanta que apelam pra esse tipo de coisa, tenho uma lista de bloguetes que vivem em função de plagiar o layout das amigas e sinceramente, não tem raiva maior que essa. Cara, logo o layout? Logo a cara da página? A marca? Isso é um absurdo e merece ficar na lista negra. Tem umas gurias que não medem esforços para plagiar abrindo o view-source só para roubar os códigos. Roubar! Sem mais nem menos, como se fosse uma coisa natural. Para vocês terem uma ideia, tenho uma amiga blogayra daqui de Guarulhos, do BLONDE CHAOS que passa por isso tipo direto, enquanto eu editava essa postagem e procurava diy no Google, caí num blog que parecia inofensivo até começar a rolar a página e me deparar com o template que a Amanda havia feito, claro que não pensei duas vezes em chamá-la no Twitter e comunicá-la sobre isso mas me surpreendi quando ela comentou que não era a primeira vez que tal pessoa agia de má fé. Pior, a guria havia mandado mensagem falando que não sabia que era plágio, mas que desparate! A Manda — trocadilho besta, me perdoa — me disse que antes estavam literalmente igualzinho só com cores diferentes e agora está semi plagiado. Mas continua plagiado e isso é um baita dum close errado. A única coisa alterada foram os lados e posto postagens recentes abaixo do menu. Sim, a Amanda tem as devidas provas e prints, logo encaminhará na delegacia.
    ATUALIZANDO ESSE TÓPICO: parece que a nossa amiguinha bloguete invejosa e plagiadora citada acima, não aprendeu com os próprios closes errados e achou bonito fugir do fogo que tocou na fogueira criando outro blog que, além de usar um template disponibilizado pela Amanda, resolveu colocar o nome novo com um Chaos ali. A dita cuja, mesmo recebendo punições do Google, teve a audácia de fazer isso, confiram clicando em Returnig to Chaos, "inspirado" no Blonde Chaos. E esse também migos: Blog Radiotativa. Isso não é uma baita cara de pau? Obs.: a Amanda teve que mudar o layout por causa dessa criatura, por isso ela criou uma página para exxxxpor ela, isso mesmo, tipo Girls in the House. Então, Manda Viadõ, exxxxxxpoe ela.

Vejo muitas amigas minhas, blogueiras de anos, passando por situações embaraçosas por causa da bendita da invejinha na qual se resume em ter tudo o que a outra tem. O engraçado é que esse tipo de pessoa some quando precisamos de ajuda mas é só começarmos a ter mais acessos, comentários e seguidores que o ser parece que sai do buraco da China pedindo as coisas e produzindo conteúdos iguais aos nossos. Como disse no item 1: uma coisa é pegar inspiração e dar os devidos créditos e outra coisa é copiar na cara de pau e falar que é criação da pessoa, isso tem nome: PLÁGIO. Plágio é crime e podem certeza que não irão querer brincar com isso. Ah, seguir todos os seguidores da amiguinha só pra ter followers não vai te garantir um lugar em Valhalla não, Odin tá vendo.

5. A BLOGUETE DIFERENTONA


"Ai, só eu que não gosto disso?". Sim. Só você. A exclusiva. A referência em novidades. A digital influencer. A escolhida. A portadora do Um Anel. O Ragnarök. A ultima Kriptonita. Aquela que trará o Equilíbrio pra Força. A herdeira dos Sete Reinos. A Lannister que não veio do incesto. A Salvadora. Aquela que irá libertar o Kraken na Terra. A Guardiã de Halloween Town. A diferentona. A famosa bloguete que quer mudar o mundo através do punho, à força. Como disse uma amiga minha: aquela que levanta o martelo do Thor. A guardiã da Galáxia. A Rainha das Trevas.
Nada agrada e não sabem ser agradáveis, gostam de comentar asneiras como: "não gosto disso mas sucesso", "não achei nada legal mas visite meu blog-ridículo.com.br". São as típicas pessoas que não leem o post mas mesmo assim quer "bostear" no blog das amiguinhas. Ah, só o modo delas é o suficiente. Recentemente me deparei com dois tipos de Bloguetes Diferentonas que me irritou muito. A primeira foi o tipo que gosta de ser inconveniente comentando que "não gosta" de tal coisa sendo que na postagem eu não perguntei se gosta ou não. Pode parecer bobeira mas só esse único comentário lotou o post de palavrões, xingamentos e o pior: falta de respeito por eu não indicar filmes que fulana goste. No twitter conversei com pessoas que não possuem blogs e elas que leram por fora, viram o quão deselegante soou. O segundo tipo é aquela que quer cumprir sua missão na Terra de mudar todo mundo... à força. Duas blogueiras entraram em contato para sermos colaboradoras, porém os ramos não condiziam com meu público já que uma guria queria falar sobre transição capilar e a outra, sobre alimentação vegana. Eu fui educada com ambas e recusei, era pra ter morrido o assunto mas se transformou numa bola de neve gigantesca.
Com a moça da transição: expliquei que como venho de descendência japonesa, é normal meu cabelo ser fino e liso mas que se ela tivesse algum produto que fortalecesse os fios eu estaria interessada em comprar... A resposta dela foi grossa, disse que sou presa a "Ditadura da Chapinha" e que eu deveria me libertar desse rótulo para ser vista como uma rainha de cabelo cacheado. A briga durou dias, só tinha indiretas no facebook, o jeito foi desfazer amizade e cada uma seguir com a vida. Infelizmente essa parte da genética enrolada ficou com minha irmã, que além de loira tem cachos lindos. Mas amiga, antes de sair brigando com quem não quer ou não precisa de transição, leia isso: ▲ CLIQUE AQUI ▲
A moça dos produtos veganos: tentei explicar para ela que se tivesse analisado minhas redes sociais teria percebido que sou movida a fast food — infelizmente —. Ela começou a mandar que sou assassina de animais, que a sociedade só vai pro buraco por causa de gente com hábitos nojentos como o meu, que não atinjo meu peso ideal porque me alimento de seres vivos e até que tenho tendências ao canibalismo só porque gosto de Hannibal Lecter. Ao povo aderiu a esse estilo de vida: PARABÉNS, invejo isso em vocês. Eu não consegui prosseguir com essa dieta, quem sabe um dia? Mas por enquanto, vá despejar ódio por receber um não lá casa do caramba, meus problemas com auto estima e peso não é da sua conta. Foi desnecessário? Foi. Mas aconteceu, essas mulheres me prejudicaram e agora, meia hora vamos ver, me aparece alguém dando alfinetada. Viu só que ser Bloguete Diferentona incomoda muita gente?

6. O MALDITO DO SPAM


O que é spam? Segundo o dicionário blogosférico é o ato de ir na postagem, vídeo, foto e afins do amigo e jogar mensagens provindas de Ctrl+C e Ctrl+V sobrecarregadas de redes sociais e linhas automáticas com as seguintes palavras: "Amo o seu blog, adorei o post, sucesso. Gostaria que fosse conhecer o meu canal e se inscreve nele, beijos". Ocorre com frequência e é recomendado paciência para as vítimas do ataque.
Mas sério, brincadeiras a parte, isso me acontece direto e queria muito entender o que se passa na cabeça dessas meninas para comentar isso numa postagem de filme de horror, por exemplo... Sabe aquele ditado: vá spamzar o cão? Então, fica difícil interagir na blogosfera quando só o que povo sabe fazer é soltar spam em todos os posts, vídeos ou fotos postadas. Migos e migas, não façam isso. A paz acaba e se me atacar, vou atacar. Não é o melhor jeito de divulgar suas coisas e não, não terão retorno com isso. Vou explicar o porque: suja o nome. Sim, teu nome e do blog ficarão tachados como spamzentos e ninguém irá levar a sério teu trabalho. Sem falei que os ganhos no AdSense caem bastante. Como cês querem que surjam nas pesquisas do Google? Como as gurias que fazem spam? Não né, então muito cuidado para não cometer esse close errado no blog dos amiguinhos.

7. A LOUCA DO YOUTUBE


Bloguete que só porque montou canal se acha no direito de menosprezar quem manter o amado hábito da escrita. Helloooooooo, nem todo mundo tem tempo para escutar as baboseiras que muitas andam falando não. Acompanho muitos youtubers e sou do tipo de pessoa que deixa para assistir os vídeos quando tenho tempo e paz de espírito. Mas podem ter certeza de que se tem um post montado sobre o assunto abordado irei devorar na HORA! Mas quando é material envolvendo vídeos eu deixo pra quando chegar o fim de semana onde irei sentar confortavelmente na cama e irei assistir tudo o que coloram de novo por lá.
Tá, criou um blog para complementar o canal mas só coloca o vídeo e montar alguns parágrafos sem resumir o assunto abordado para que saibam de antemão o que está sendo posto em conversação não é blogar, não é editar postagem, não é abrir mão do descanso, não é se empenhar em usar as redes sociais em seu favor. É se escorar no blog e usar isso como desculpa por não ter feito nada no dia. Na minha época não existia o nome — youtuber — então ou você é blogueira, ou você é youtuber ou você é blogueira e youtuber, se decidam pelo amor de Ragnar sem camisa. Se optar pelo último, tome ciência que o mesmo profissionalismo que tem com o canal, tenha com o blog. Invista no layout, faça fotos boas, escreva corretamente e alinhe tudo. Seja agradável não apenas nos vídeos, mas também na parte digitada, os leitores amam isso.

8. DIVULGAÇÃO SÓ COM 10K DE SEGUIDORES


Primeiro vamos ao "segue de volta": Não condeno quem faz mas sei que isso só gera seguidores fantasmas e muita dor de cabeça. Fim. Se fazer esse "follow for follow ou follow back" já algo bem vago quem dirá o tipo de pessoa que quer efetuar uma troca de seguidores baseada em números? Pois é, se vocês acham que isso não existe então sinto decepcionar porque anda muito em alta nos dias atuais. Quer fazer o seu segue de volta então que faça, só não lotem os outros de spam, mas ser seletivo numa plataforma difícil como é o Blogger/Wordpress é de um golpe tão baixo quanto queimar brigadeiro e servir pra visita. Então a pessoa não faz segue de volta com quem tem 50 seguidores? Hm, muito interessante esse pensamento levando em conta que fulano tinha esses cinquentinhas quando resolveu brincar de Follow Back e atingir a meta. Pior, levando altamente em conta que beltrano exigente possui os seguintes requisitos:

  • Conteúdo meia boca: preguiça de escrever, procura por cima, edita aquilo achando que tá bom e posta.
  • Fotos: lente suja, desalinhadas, carregada de efeitos, lotada de informações, sem iluminação, desfocada, foco forçado e outras coisitas.
  • Falta de novidades: não é crime abordar um assunto que todos estejam falando mas isso em demasia torna-se irritante e cansativo. Que tal sair um pouco do computador e dar uma volta na rua? Isso faz com que se crie uma nuvem de ideias para abordar no blog.
  • Desordem: lay confuso, paleta de cores descombinando, fonte bugada, quebra de links e imagens, lentidão no carregamento da página, perde o foco do assunto facilmente e não chega a lugar nenhum.

Segundo: a divulgação que só funciona com perfis grandes. Como as pessoas querem crescimento sendo que não dão oportunidade pro pequenininho crescer? Para se manterem no topo? Por egoísmo? Eis a questão, mas posso dizer que é um tremendo dum close errado porque vocês acabam ensinando quem tá começando que isso é o certo a se fazer quando na verdade está distorcido. Sinto pena das bloguetes que fazem isso, muita pena mesmo. Mas sério, como que pode ter pessoas que além de apelarem pro Segue de Volta ou Troca de Seguidores sendo que não faz por onde merecer, ditam regras sendo quando era para ajudar e ainda humilhar que começou recentemente, que não possui a grande visibilidade que precisa para crescer nessa brincadeira de se me seguir eu sigo de volta? Manas, menos, por favor, bem menos. Beeeeeeem menos. Ressalto que número não é qualidade, bem mais vale ter 3 leitores fieis do que 10k que tão pouco se fodendo ligando para o que falamos nas postagens.

9. NÃO RESPONDER OS COMENTÁRIOS


Muita gente se acha a ultima Trakinas de Morango do pacote, né? O que me enfurece, sim, enfurece, é que chove de famosinhos implorando por comentários, visualizações, inscritos — sendo que já tem o suficiente e não dão conta —, compartilhadas e ajuda mas não cumpre a lei básica da vida blogosférica: responder os comentários dos leitores. Sejam eles em blogs ou canais, de que adianta todo mundo te ajudar a conseguir trabalhos sérios com lojas e outras coisas sendo que não reserva uma parte do caralho do dia para conversar com quem parou o que estava fazendo para trocar uma ideia contigo?
Tem gente pé no saco? Sim, tem e muito. Mas não quer dizer que todos são assim! Quando visito blogs ou canais eu corro direto para os comentários por esse motivo: se não fala com ninguém, não responde um oi, já sei que é escrota soberba pura. Não perco meu tempo sequer olhando os demais conteúdos. Gente, leitor não morde e não custa nada conversar a respeito do assunto abordado na postagem ou no vídeo, se parar de fazer cu doce birra vocês irão conseguir amizades do mesmo ramo, companheiro pro que der e vier, autos papos nos chats da vida e o melhor de tudo: crescimento. Isso mesmo, crescimento. Não importa quantos seguidores fulano e sicrano tem, quando se forma uma amizade dessas uma irá ajudar a outra crescer. Não importam quantas redes sociais você tenha, lá vai estar aquele ser humaninho especial te seguindo, te apoiando. Então por que se limitar no egoísmo e nariz empinado quando você pode ampliar sua networking e carregar essa amizade tipo assim, pro resto da vida? Pensem bem, meninas. Seus seguidores e suas famas não contam nada se vocês não sabem produzir conteúdo e tampouco SOCIALIZAR com o público alvo, com seus leitores.

10. O PECADO CAPITAL: MENOSPREZAR QUEM TEM POUCO


Ter muito não é a mesma coisa que ter qualidade e muito menos de tá o direito de humilhar quem tem apenas um celular e um computador para trabalhar. Sua câmera pode ser da mais atual, suas lentes das mais caras, seu cenário do mais invejável e seus recebidos ficarem empilhados na porta do quarto: isso não irá valer de nada de você não sabe interagir com o leitor e tão pouco montar algo interessante que possa ser assistido ou lido. Uma onda que tem acontecido com frequência e que acho extremamente ridículo é bloguete que sai do país, vai fazer intercâmbio e repentinamente perde sua nacionalidade passando a xingar o Brasil, rebaixando tudo o que nossa Terra-Mãe tem para nos dar. É difícil morar aqui? É, mas essa é a nossa casa, enfrentamos as dificuldades do dia fazendo piadas porque senão iremos chorar, não é verdade? O melhor do Brasil é o brasileiro, então, kiridã, que tal um pouco de calabokitos?
Pelo bem de Midgard, por que vocês fazem isso? Ir para o exterior não te dá o direito de falar mal do país que seus leitores ainda moram. É feio e vergonhoso. Muitos dos que estão se maravilhando com os vlogs e fotos postadas não irão conseguir nem tão cedo fazer um tour estrangeiro e humilhar a nacionalidade não lhe dará prestígio, lhes dará queda de views e comentários porque brasileiro que é brasileiro não irá querer ler/ver um conteúdo tão vazio como esse. Incentive-os a conquistar as coisas, bater metas na vida, realizar os sonhos e não a odiarem a terra natal.
Outra coisa e vai para os que ostentam sem saber usar: comprou a melhor câmera e lente do mercado? Saiba como manuseá-la. De que adianta ter a última Canon lançada sendo que as fotografias não possuem iluminação? Uma câmera Cybershot portátil da Sony pode virar uma arma poderosa nas mãos de quem manja do manuseio, dica. Tem Iphone, Moto X, etc? Ótimo, dê dicas de aplicativos, revele segredos, ajude a usar tudo o que tem nele porque celular não é só câmera não, viu? Tem tablet, notebook, carro, carrinho de churros, afiador de tesoura, máquina de algodão doce, modelador de cachos, softbox caseira, loção pros pés, arranhador para gatíneos, uma centrífuga de laboratório do bom, dos carinhos? Parabéns! Só não menosprezem quem comprou o mais baratinho porque isso é falta de respeito e humildade. Você também começou com o mais simplesinho então pare de ser hipócrita e comece a agir com humanidade na blogosfera senão vai ser que nem a carreira do Biel que mal começou e já acabou. Beleza? Ah, sobre domínio: não é porque pode pagar domínio e hospedagem que pode chegar e soltar comentários como: "Seu blog é perfeito mas tá faltando o '.com'". Já visitei MUITOS blogs que tinham o ".com.br" que eram uma verdadeira porcaria então cuidado com isso porque a amiga que ainda tem o "blogspot.com" ou "worpress.com" tem o conteúdo MIL VEZES MELHOR que aqueles que tem ".com.br". Estou errada?

Atenção: desabafem dos comentários os closes errados que mais deixam vocês indignados que estejam acontecendo na blogosfera, ok?

Anyway, a função desse post é desabafar algumas coisas que estavam entaladas na garganta. Infelizmente aquele essência dos blogs de antigamente está ficando ofuscada pela vontade obsessiva em ficar famosa a qualquer custo sendo que na verdade, era apenas deixar as coisas fluírem, seguir com o tempo. Sinto falta de ler textos de verdade, de ler histórias ou poemas criados, ler alguns contos, comentar sobre dicas boas no dia a dia, sinto falta de conteúdo na Blogosfera. Claro que acompanho muitas blogueiras que falam desde batons até sobre princípios do marketing mas gente, cadê a pureza ao escrever de antes? Não é possível que esteja morrendo. Estou no mundo dos bróguitos desde a época em que mais badalados eram aqueles kawaii todo pequenino e fofinho de se olhar, com cortininhas, ponteiro de cupcake, lembram? Eu não sou expert no assunto e tampouco ninguém para "ditar o que fazer", apenas sou uma leitora que fica realmente chateada com muita coisa que anda acontecendo na blogosfera já que muita gente que tem talento para blogar acaba desistindo por conta dessa desordem, dessas pecuinhas bobas que andam acontecendo por aí.
E por amor as tetas do Henry Cavill, quem nunca sentiu vontade de atravessar a mão pela tela do computador e dar uns sopapos nessa molecada? But a vida segue. Ah, vejo muita gente pegando carona no trabalho do outro só porque não quer perder tempo investindo em reconhecimento do nome, parem de preguiça porque vai fazer falta nos tempos de aperto, hein. Well, é isso amores e amoras. Me digam aí nos comentários outros closes errados que o Disse o Corvo deixou passar batido. E cês repararam? Estamos de roupinha nova. Hehehe. Um beijo e um queijo.


18 comentários:

  1. Amei? Adorei? Achei tudo?
    Primeiramentchy, eu tô chorando com a beleza desse layout. OLHA QUE LINDO ESSE CABEÇALHO, @/DELS
    Agora vamos falar desse post maravilhoso cheio de referências (pensa no grito que dei quando li do martelo do Thor) que mal conheço e já kero imprimir e colar na testa. Ou só mandar ele pra cada pessoa em que pensei enquanto lia msm, tipo "oi, lynda, já viu isso aqui? achei sua cara, bjs rsrsrsrs".
    Odeio tudo que é tipo de bloguete (bloguete é diferente de blogueira, viu, lindes?), mas a invejosa, a diferentona e a spamzenta têm aquele lugar especial na minha lista de se pegar fogo eu jogo gasolina. Pior tipo de spam é aquele que, além do link do blog, tem link de tudo que é rede social. Tipo, Q?????????
    Dentre todos esses closes erradíssimos, o mais errante, pra mim, tá dentro de não responder os comentários. Isso é ignorar as pessoas que te ajudam a crescer e tiram o tempo DELAS pra fazer o SEU dia feliz, pessoa ingrata. Você não vai morrer de tirar meia hora que seja pra responder o comentário no seu blog mesmo. TUDO BEM quem recebe uma caralhada, mas e quem recebe 4 comentários e diz que não tem tempo de responder????? Me poupe, se poupe, nos poupe desse complexo de digital influencer, zé.
    Sobre o plágio do meu blog, it's real, it's true, verdadeiríssimo. Cheguei a criar uma página pra expor, mas achei que merecia segunda chance, só que a fia não aprendeu, né? Ai, ai... Close errado, close errante. Quem se interessar, confira aqui a palhaçada.

    Beijas, miga! ♥
    Blonde Chaos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PARA O MUNDO QUE MINHA BLOGAYRA FAV COMENTOU, abençoada sejam as tetas de Henry Cavill. ♥
      Bella, eu queria copiar o seu layout, falo memo, mas não consegui, deu tudo errado e fui montar esse.HASUHAUSAHSUAHSUASH Obrigada, sério, muita Nutella pra tu. ♥
      Olha, se eu te falar que fiquei com medo de subir esse post por conta do tanto de bloguete que ficaria doída porque se encaixa em algum desse? Se viiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiu, coloquei o link da menina que fica plagiando teus layouts, eu exxxxxxpus ela. E sim, essa de Martelo do Thor vai ficar marcada pro resto da vida UAHSUAHSUASHUASHSU. Manda, manda, manda, manda, quem sabe assim ela para de copiar tu.
      Viu xentche, bloguete e blogueira não são sinônimos. Diferentona, Spamzenta e as que menosprezam quem tem pouco tem um lugar reservado no meu Pandemonium, serio. E não é, colocam redes sociais até lotar o comentario todo quando a única frase que posta é "amey o post, parabéns". WHAAAAAAAAAT?
      Verdade, esse de não responder é o cúmulo. A Bruna Vieira consegue pro povo não conseguir? A Melina Souza então? Um amor de pessoa, atenciosa, ryca, famosa, influencer, dona da pouha toda, e responde todo mundo. Mas a minhoca orgulhosa não responde ninguém como se fosse nossa obrigação comentar o post dela (e).
      Viu povo, clica no link aí pra vocês verem que feio quando o plágio entra no lugar da cara de pau.

      Beijão migarrrrrrrrrrr. ♥

      Excluir
  2. EU AMEI ESSE POST! Realidade sem filtro é disso que gosto, infelizmente esse é o grande problema da Blogosfera: Invejosas. Muita guria que quer ganhar a vida no Blog da noite para o dia, sem passar pelo o que passamos. Mas parabéns pela iniciativa do post, tu sempre sendo verdadeira com os teus leitores, não é atoa que virou minha amiga. Não preciso nem falar nesse Blog, porque ele é lindo de morrer, não digo só as postagens não e sim esse design que está perfeito. Tu é muito talentosa, me abraça <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha vampira trevosa tá comentando gente, fala se não dá vontade de cortar São Paulo pra agarrar essa guria na casa dela? ♥
      Exatamente, na Blogosfera tá entupido de Bloguete Invejosa que só tem as coisas porque a gente tem. Tudo bem pegar inspiração, valoriza nosso trabalho, mas o que fode é que copiam tudo, plagiam sem dó. Poxa, levou dias pra editar um post e montar um vídeo, não é só chegar e copiar pra ganhar comentários, seguidores e visualizações não. Por isso que eu exxxxxxxponho elas Bru. E acontece isso direto contigo né? Mas fique firme porque o que é teu ninguém tasca. Aquela pessoa que tentou te prejudicar vai ter o retorno em sete vezes mais, é só esperar.
      Verdade Bru, aquelas pessoas — que sabemos bem quem é — acham que começamos ontem mas cara, tive muitos blogs desde 2008 e é muito disso que ando vendo então chega, irritou já.
      Tento ser verdadeira sempre porque além de leitores quero amigos então foco nisso. E olha só, não precisou nós duas puxar briga uma com outra mesmo com o conteúdo dos nossos blogs serem quase que os mesmos. Aprendam gente, dá pra falar da mesma coisa que a amiga sim, eu e a Bru conseguimos, o que não dá é pra plagiar e roubar tudo o que vê pela frente. A blogosfera é imensa e tá aí para ser explorada então parem de preguiça e vão batalhar. Só tive coragem em postar porque tu me incentivou senão estaria nos rascunhos até hoje, aushaushaushaus. Nem vem que morro de inveja do teu lay todo sanguinolento e gótico, divide ele comigo u_u
      Abraaaaaaaaaaaaaaaaço e não solto mais viu. ♥

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu fico irritada quando faço uma pesquisa querendo saber as experiêcias das blogueiras ou youtubers sobre determinado produto ou serviço e é tudo a mesma coisa, ou elas não conseguem responder as dúvidas básicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Percebeu que é tudo superficial? Se a gente faz mal feito noooooooooooooooooooça, cai o mundo em cima de nós mas elas podem? Acho tão injusto isso.

      Excluir
  5. Mulher, eu tô xonada nesse post, pode compartilhar pro mundo? Eu vi teu blog lá pelo google+ e sério, tô muito apaixonada, fui obrigada a seguir. Bem diferente do meu mundo/blog colorido, mas eu amei absolutamente tudo e em como tu te envolve nos conteúdos. Parabéns pelo trabalho lindo que tá fazendo, sucesso ❤

    Beijos!
    http://blogcarolnasnuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como que eu vi esse comentário só agora? AAAAAAAAAAAAAAAA MIA BRAÇA E VAMOS COMER NUTELLA. Muito obrigada Carol, sério. Que amorzinho você. E olha, fiz esse post para desabafar as injustiças que vejo na blogosfera, foi tão libertador que agora estou leve. Inclusive no assunto do plágio ali que nossa, plágio é crime gente. Fico tão revoltada com isso que preciso dar uma de Oliver Queen e sair pelas ruas falando: "You have failed this city", hahaha. Obrigada, sério. Beijão. ♥

      Excluir
  6. Infelizmente no mundo da blogosfera muitos já começam o blog pelo interesse de ganhar alguma coisa, é muito bonito quando vamos em blogs e vemos muito conteúdo bom, sem interesse, não acho errado a blogueira querer crescer no blog, mas o que não pode é deixar a ganância ser mais, belíssimo post para todos nós, Priscila bjs.

    ResponderExcluir
  7. Acho que todas são relevantes, mas a pior é a invejosa! HAHAHAHA Toda afrontosa a senhora, gostei... :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem tanta bloguete invejosa que só Odin na causa viu migo, uma delas prejudicou a Bru, do blog Girl Reckless, que tentou pegar patrocínio usando photoshop para dizer que utilizada os produtos da loja. P E E E O R T I P O, haha.

      Excluir
  8. O post foi otimo mais quem nunca fez o sdv? Agora com o novo blog não pretendo mais.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graças a Odin eu NUNCA FIZ SEGUE DE VOLTA. Não tem retorno, só gera fantasmas e não agrega fidelidade ao blog, ou redes sociais. Eu parto do pensamento que se nós queremos realmente queremos leitores para nossos blogs, temos que interagir. Comentar e LER A POSTAGEM é a alma do negócio, isso gera amizade e gente fiel para te acompanhar para o que der e vier. Segue de volta é meio vago, creio que só funciona para aumentar os números mas de que adianta números sendo que eles não leem teu conteúdo? Chato né? Amey desabafar no post, sério.

      Excluir
  9. Que post! Traduziu tudo o que mais acontece nesse meio, e mesmo essas coisas não estando legais já se tornou corriqueiro na blogosfera!

    ResponderExcluir
  10. Só vi verdade é muito difícil ser blogueira mas não é impossível a final é possível cria conteúdo sda m plagio

    ResponderExcluir
  11. Adorei seu post!!! Eu tenho blog desde 2010, mas so em 2016 resolvi investir mais nele, e como mudou a blogosfera... Hoje, uma das coisas que mais me irritam é a tara do povo em virar youtuber, nunca vi tanto canal igual, sem conteúdo produtivo (Tirando alguns que são perfeitos, os demais...). Uma coisa também que vejo nessa corrida pelo youtube é meninas que começam super simples, de cara limpa com conteúdo legal, depois de uns meses, vira a verdadeira rainha da make, só faz vídeos de make e "futilidades", só falta dormir de make, ai´me pergunto: Cade o restante dos conteúdos que ela falava antes? Não sei com você, mas normalmente eu prefiro ler blogs do que vídeos, na minha cabeça os vídeos são complementos do blog, tipo mostrar detalhes da postagem, ou algo mais. Raramente acesso vídeos em divulgação do tipo:"Tem video novo no canal/ou um blablabalalab e link do vídeo". Eu tenho um canal, mas raramente posto, não é muito minha praia, prefiro escrever, tirar fotos.... Não sei se é fase, mas eu não aguento mais os vídeos de make e "futilidades", se é que me entende, não que eu não goste, mas sinto falta de algo mais produtivo, que tenha conteúdo. Credo, falei muito!!! kkkkk

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Conheci seu blog há uns dois dias e favoritei aqui pra ir lendo aos poucos porque sou dessas que quando gosta, quer devorar todo o conteúdo, hehehe. Primeiro que MAAAAANOOOO, tudo aqui é inspirado em O Corvo do Poe <3 sou apaixonada por esse homem e tudo que ele produziu.

    Queria dizer que o seu jeito de escrever cativa muito! Adorei seu estilo de fazer piadas (que não são nem de longe sem graça como você disse no perfil, viu??).

    Achei esse post aqui muito útil. Eu tive muitos blogs na vida (desde o Blig do IG hahahah) mas sempre escrevi mais pra mim, por amor, agora que comecei a entrar nuns grupos de blogs porque adoro ler blogagens coletivas. Por isso adorei encontrar esse seu post. Achei que acima de closes errados, essas são dicas valiosas do que não se deve fazer. Chamou muito minha atenção a parte da blogueira que vai pros estrangeiros e fala mal do nosso país. GENTE, eu amo o Brasil, independente dos problemas (que eu sei que são muitos), mas pra mim, quem adora falar mal da nossa nação, só conhece o lado ruim ou nunca se quer se esforçou para ver o lado do bom. Temos tantos lugares lindos, culturas lindas, pessoas maravilhosas! ♥

    No mais, sou super a favor de blogs não vendidos (nada contra publi!!! Vendido eu digo no sentido de só postar coisas para cumprir meta de publi ou fazer conteúdo ruim só para ter post. Não falo sobre quem se esforçou pra fazer renda com o blog e que produz tem conteúdo legal). Gosto de ler coisas originais, que fogem do convencional (e também não curto o tipo de post que você mencionou, que é aquele do "momento", que todo mundo posta igual, com a mesma abordagem, estilo CTRL+C, CTRL+V. Assunto saturado + originalidade ZERO).

    Sou que nem você na parte de vídeos, salvo para assistir quando der, mas conteúdo escrito tem prioridade no meu coraçãozíneo.

    Vou continuar acompanhando daqui, mil beijos!

    http://eueminhaestupidez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

1. Espalhem amor, e não ofendam.
2. Digam ao Zane Holtz que eu tenho interesse.
3. Ler a postagem toda antes de comentar não mata ninguém e valoriza o trabalho de quem criou.
4. Deixem seus bróguinhos para eu visitar.
5. Aos spamzentos: vão fazer spam num tabuleiro Ouija, obrigada.
6. Assistam Black Sails. ♥